Hardware do Arduino Uno

Os hardwares dos Arduinos são geralmente padrão, por isso utilizaremos o hardware do Arduino UNO para tentar nos familiarizarmos com os Arduinos.

Hardware do arduino UNO
Hardware do arduino UNO

Vou detalhar a baixo cada uma das partes que estão nesta foto ao lado.

Alimentação
Permite o hardware do arduino UNO trabalhar desplugado do computador, pois quando estamos com ele em testes no computador a alimentação é realizada pela USB. Pode ser usada fonte de 7v-20v.

Regulador de tensão
A tensão de uso do Hardare do Arduino UNO é de 5v independente da voltagem entrada pela alimentação, assim quando utilizada a alimentação externa este regulador baixa a voltagem de entrada para 5v permitindo o funcionamento do Arduino.

Conector USB
Serve como entrada para alimentação e para programação do Arduino.
Como o microprocessador não tem uma entrada USB, apenas serial abaixo do conector da USB pode-se ver um chip que faz a conversão Serial USB.

Cristal do clock do microprocessador
Embora a maioria dos microprocessadores tenha um clock interno no Arduino há um clock externo que geralmente é mais preciso do que o clock interno.
O clock do arduino esta escrito no Cristal 16.000 u seja 16MHz.

Tensões de alimentação
As tensões de alimentação permitem que os Shields tenham a mesma alimentação do Arduino, assim como o sinal de reset que em alguns shields realizam reset destes também.
Entre as tensões esta a tensão de entrada para projetos onde se usa uma tensão de entrada maior que 5v isto é bem interessante.

Portas Analógicas
As portas analógicas permitem a entrada de dados entre 0v e 5v o valor que for colocado na porta sera digitalizada em 10 bits. Assim podemos ler pequenos valores com um resolução de 1024, ou seja o valor 1 será igual a 0,0048v ( 1 / 1024 ), já 2v na entrada será o valor 410.
Teremos u post apenas sobre sinais digitais e analógicos que explicará melhor.

Microprocessador ATMega328
O Hardware do arduino UNO conta com o microprocessador ATMega328 da ATmel, a maioria dos atuais Arduinos é produzida com esse microprocessador. Ele tem 32 KB para o código fonte, parte é usada pelo bootloader sobrando entorno de 30 KB. Memória RAM 2K ou seja para variáveis de programação e EEPROM de 1 KB que permite gravar dados, mesmo depois do reset do microprocessador.

Conector de programação
Permite regravar o bootloader, acesso direto a programação do microprocessador sem ter que retirá-lo da placa. Poucas vezes será usado.

Portas Digitais
Permite a saída ou entrada de sinal TTL digital ou seja 0v = 0 e 5v = 1. É onde realizamos a maioria das operações. Neles há a possibilidade de realizar PWM ou seja amostrar tempos de zeros e uns que forma um valor intermediário. Veremos isso em outro post.

Barramento I2c
Barramento baseado em dois fios que permite comunicação com dispositivos como sensores de temperatura, RTCs, displays, etc.

Botão de RESET
Realiza um reset de hardware, limpando a memória e apontando para o inicio da programação.

Acredito ter esclarecidos alguns místerios que tinham nesta placa. postem abaixo mais perguntas da placa que posso desvendar e adicionar aqui!

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *